terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

O que os americanos nos ensinam sobre casamento

Oláa florzinhas do meu jardim !!! tudo certinho ? Genten , hoje vou falar sobre um dos meus assuntos favoritos em todo o mundo : casamentos americanos. Vou explicar pra vocês como são as cerimônias por lá e toda a aura casamentícia que o povo americano cria.

Apesar de todo aquele mimimi de que nós brasileiro fazemos mal em  idolatrar tudo o que é estrangeiro  e blablabla, você tem que entender que o pessoal do Tio Sam manja de tudo o que há para manjar sobre uma boa festa de casamento. E depois que ler este post é bem provável que também  vai querer fazer sua festa no estilo americano.

Apesar de serem famosos pelos casamentos grandiosos e cheios de luxo, os americanos são os reis supremos quando se fala em casamento barato estilo 'faça você mesmo'. Um exemplo disso é que praticamente, se não todas, as imagens e ideias de diy que mostramos aqui, para economizar no seu grande dia, são de casamentos americanos. Nós temos muito o que aprender com eles ainda.
Então vamos lá. Eu separei algumas diferenças que as cerimônias deles tem com as nossas, e coisas que acho super legal de adotar pro seu dia D.

O verdadeiro sentido de madrinhas e padrinhos no casamento !

Nos Estados Unidos ser convidado a ser madrinha ou padrinho é uma grande honra e sinônimo de enorme responsabilidade ! Significa realmente por a mão na massa, aguentar as crises dos noivos durante toda a preparação, dar sua opinião e ajudá-los em todas as escolhas e tudo mais que for necessário. É importante estar sempre preparado para o que der e vier. Não simplesmente chegar la para a festa linda(o) e maravilhosa (o) e se parar ao lado deles no altar, como vemos as vezes aqui no Brasil.



Madrinhas/damas de honra da noiva:


 A noiva escolhe suas madrinhas, que geralmente são suas melhores amigas e/ou irmãs, só que uma delas é eleita a madrinha principal, chamada de " Maid of Honor" (que sou EUUU) - que significa 'dama de honra' - que será responsável por ajudar a noiva em absolutamente tudo, ficar ao seu lado em todos os momentos, além de organizar o chá de panela. Além disso a noiva escolhe o vestido das madrinhas que quase sempre são idênticos no modelo e na cor, o que é bastante raro aqui no Brasil, mas eu acho uma ideia super legal, assim não há nenhuma disputa de cores e tonalidades, além do que não se corre o risco de alguma madrinha acabar aparecendo mais do que a noiva. Pois afinal de contas é ela a atração principal.



A noiva e sua Maid of Honor

Padrinhos do noivo:





 O noivo também escolhe seu time de amigos, os 'groomsmen'  - 'homens do noivo' - e um padrinho principal o 'Best man' - 'melhor homem' - que fica responsável por acompanhar a mãe da noiva até o altar e fazer um discurso na festa, além de organizar a despedida de solteiro e ajudar o noivo com relação a seu traje. O Best man também costuma se vestir junto com o noivo e passar o dia com ele.



O noivo e seu Best man 



Casar em casa !




Eu não tenho em mãos fatos nem estatísticas para provar, mas eu acredito que os americanos são o povo que mais casa no mundo ! Porque lá é tão comum casar que chega a ser normal. Já é esperado que se um casal está a mais de seis meses juntos logo logo irá casar. Isso acontece pelos seguintes fatores : 
1- Lá é muiiito comum os casais casarem no quintal de casa - lembrando que as casas costumam ter quintais enormes - seja na casa nova do casal, na casa dos sogros ou na fazendo de um amigo.

2 - É da tradição deles que os custos do casamento sejam divididos entre as duas famílias, por mais humilde que a família seja, sempre é uma honra para os pais , da noiva principalmente, arcar com as despesas da festa. Por conta disso os noivos não ficam na dúvida se casam ou não por conta das despesas, colocam todo mundo pra ajudar e o casório acontece de todo o jeito. O importante é celebrar o amor e a união das duas famílias.

3 - O casamento na igreja não é comum como aqui, a esmagadora maioria dos casais prefere um lugar amplo e confortável , na maioria das vezes ao ar livre. Os casamentos também são bastante realizados durante o dia,assim aproveitando a luz natural. Mas nem por isso precisam ser obrigatoriamente informais. Se o casamento será formal ou não isso depende apenas da vontade dos noivos não importando se é dia ou noite. *Aqui no Brasil existe essa especie de "etiqueta muda" que dita que casamentos diurnos são informais e noturnos são bem mais formais.

Está é uma ideia super bacana para reproduzir (se você não tem uma lista de 300 convidados obviamente). Claro que por aqui não é fácil encontrar uma casa com um quintal que comporte uma festa, mas considere a hipótese caso conheça alguém que possua o espaço, um sítio. É uma ideia que pode ajudar a aliviar o orçamento e te trará o toque todo pessoal e intimista. 




Covites pelo correio !

Na etiqueta do casamento americana, é de muito mau gosto entregar o convite de casamento em mãos. O convite é obrigatoriamente enviado pelo correio, do jeitinho tradicional lá na caIxinha, mesmo que seja para o vizinho de porta. O convite acompanha também uma espécie de cartão para resposta (chamado de RSVP) - que pode contar opções de menu, para que a pessoa escolha qual lhe agrada mais - por onde a pessoa confirmará sua presença enviando-o de volta aos noivos. No envelope também é comum os noivos montarem pequenas surpresinhas aos convidados, como um ' mapa  do tesouro' contendo a localização do evento ou um lencinho fofo para o convidado utilizar na festa indicando que a cerimônia será emocionante. O convite é antecedido pelo tradicional Save the Date, o pré-convite fofinho do qual já falamos aqui .






Minhas amadas, por hoje é isso, se você gosta desse assunto fica ligadinha aqui no blog, pois como eu disse eu amo casamentos americanos e tudo que eles englobam, então este é apenas o primeiro post de muuuitos que ainda farei sobre o assunto ok? Espero que curtam. 
Até mais, beijinhoss